fbpx

Conheça 6 opções de investimentos melhores que a poupança

Você provavelmente já ouviu muita gente falando que existem investimentos melhores que a poupança, não é mesmo? De fato, existem algumas opções com rendimentos melhores. São aplicações tão seguras quanto, mas que ultrapassam a rentabilidade da poupança com facilidade. Veja alguns opções de investimentos melhores que a poupança: 

  • #1 CDB.
  • #2 Tesouro Direto.
  • #3 LCI e LCA.
  • #4 Fundo DI.
  • #5 Fundo de Renda Fixa.
  • #6 Aluguel de veículos.

Em outras palavras, dependendo de como anda a economia e o IPCA, você pode estar “perdendo dinheiro” ao investir na poupança. Saiba como investir melhor e fazer seu dinheiro render mais. Então, vamos lá! 

A Poupança é um Bom Investimento?

investimentos melhores que a poupança

A poupança é a aplicação mais popular no Brasil. Mas, conforme você estuda o mercado financeiro, menos você irá considerar a poupança como um bom investimento. Aliás, ela é uma conta bancária que oferece um rendimento mensal, mas muito baixo.

Em 2019, por exemplo, descontada a inflação acumulada no período, quem aplicou na caderneta viu seu dinheiro perder valor. Como muitos dizem, só não é pior do que deixar dinheiro guardado embaixo do colchão!

Então, vamos te mostrar as opções de investimentos melhores que a poupança e ajudar você escolher o que mais se adequa a você!

Quais os investimentos melhores que a poupança?

Atualmente existem muitos tipos de investimentos melhores que a poupança para você analisar. É preciso considerar alguns fatores para analisar e escolher uma aplicação financeira. Entre eles, estão: 

  • perfil de investidor: existe um tipo de aplicação que se adapta perfeitamente para cada tipo de plano financeiro e de pessoa; 
  • objetivos: o que pretende com este investimento?
  • seu plano financeiro: período que irá investir e quando precisará resgatar; 
  • data que deseja resgatar: resgate a curto, médio ou longo prazo;
  • quantia que dispõe para investir;
  • nível de risco: qual o risco que você consegue suportar, incluindo a possibilidade do seu investimento não render em alguns meses como você gostaria, podendo apresentar até uma taxa negativa.

Continue conosco e descubra quais são os melhores investimentos para você!

#1 CDB.

investimentos melhores que a poupança

O rendimento do Certificado de Depósito Bancário e os tipos de CDBs são uma ótima alternativa à poupança. Ele é recomendado tanto para quem começa a investir, por sua simplicidade, quanto para aqueles investidores mais experientes.

Um CDB de curto prazo com liquidez diária pode render um pouco menos do que 100% do CDI, por exemplo. No entanto, de acordo com o prazo do seu investimento, o rendimento do CDB pode chegar a mais de 120% do CDI.

Uma grande vantagem é que o investimento em CDB conta com uma proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) até o limite de R$ 250 mil por CPF ou CNPJ, limitado ao teto de R$ 1 milhão, a cada período de 4 anos.

#2 Tesouro Direto.

O Tesouro Direto é muito semelhante ao CDB, porém ainda mais seguro, uma vez queseu emissor não é um banco, mas sim, o próprio Governo Federal. O valor mínimo para investir também é mais baixo: a partir de R$ 30,00. Veja os tipos de Tesouro Direto:

  • Tesouro Selic (curto prazo, rende a taxa Selic);
  • Tesouro IPCA (médio e longo prazo, rende de acordo com a inflação mais uma taxa);
  • Tesouro Prefixado (tem apenas uma taxa prefixada que não muda);

#3 LCI e LCA.

LCA é a sigla para Letra de Crédito do Agronegócio, enquanto LCI, Letra de Crédito Imobiliário. Esses papéis são títulos bancários lastreados por crédito nos setores do Agronegócio e Imobiliário, respectivamente. Entre suas características estão: 

  • isenção de Imposto de Renda;
  • os rendimentos podem ser prefixados (juros fixos) ou pós-fixados (atrelados a um indexador da economia, como o CDI);
  • proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) até o valor de R$ 250 mil por CPF e instituição financeira.

É importante o cliente se atentar a liquidez desse investimento, uma vez que o seu resgate só é permitido em seu vencimento. Vale lembrar que, quanto mais longo o vencimento, mais alta a rentabilidade oferecida por estes títulos.

#4 Fundo DI.

O fundo DI pode ser o principal substituto para a poupança em casos de reserva de emergência. Pois possui liquidez diária (pode ser retirada a qualquer momento) e geralmente oferece rendimento superior à caderneta e não tem qualquer complicação: basta colocar o dinheiro e deixar rendendo. Entre suas vantagens estão: 

  • Rendem muito próximo do CDI;
  • Possuem baixíssimo risco;
  • Tem liquidez diária (pode ser sacada a qualquer momento);

A maioria dos Fundos DI só investe em Títulos do Tesouro Nacional do tipo LFT, que rendem 100% da SELIC – taxa básica de juros da economia e servem de parâmetro para os negócios feitos com o Governo.

Porém, a base de comparação para investimentos e negócios entre pessoas físicas e jurídicas é o CDI. Assim os títulos comprados por um fundo DI vão render 100% do CDI. Retirando os seus custos (principalmente com taxa de administração) que giram entre 0,3% (fundos mais baratos e rentáveis) e 3,5% (fundos mais caros e menos rentáveis), os fundos rendem entre 80% e 100% do CDI.

#5 Fundo de Renda Fixa.

investimentos melhores que a poupança

Os fundos de investimentos podem ser opções mais completas. Nesse caso, você não apenas comprar ativos, mas também contrata a gestão da instituição que administra o fundo de investimento. 

E é justamente essa administração especializada que pode fazer o seu dinheiro render cada vez mais – esta é uma importante vantagem. O fundo de renda fixa é uma ótima opção conservadora que garante um rendimento acima do CDI e com boa liquidez. 

#6 Aluguel de veículos.

Se você possui um veículo, saiba que esse é um bom e seguro investimento. Algumas plataformas (como a GAV) fazem a conexão de proprietários de automóveis com motoristas de aplicativo que precisam de um veículo temporariamente. 

O setor de locação de veículos cresce a cada dia. Com a diversidade de aplicativos de mobilidade urbana, essa demanda aumentou ainda mais e a procura de motoristas por carros para alugar é constante! Cada veículo rende em média de 3,7% a.m (muito mais que a maioria dos investimentos atuais). Acima de R$1700 reais por carro alugado por mês — podendo chegar acima de R$2100 por veículo.

Para esse tipo de investimento, o primeiro passo é realizar o seu cadastro nos sites de compartilhamento de carros, ou nos aplicativos, nos quais são coletadas algumas informações básicas do proprietário, modelo e ano do seu veículo próprio veículo. 

Se você desejar entender mais sobre o assunto e como ganhar dinheiro alugando seu carro, clique aqui.

Como vimos, a parte difícil não é encontrar um investimento melhor que a poupança, mas sim saber escolher o melhor investimento de acordo com o seu perfil de investidor, os seus objetivos e suas necessidades a curto, médio e longo prazo.

Gostou desse assunto ou acha ele relevante? Compartilhe nas redes sociais ou deixe seu comentário abaixo.

investimentos melhores que a poupança

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Posts em destaque
Menu